O  bom relacionamento entre marido e mulher é fundamental para o matrimônio feliz e este é indispensável  para que haja uma família saudável. Numa visão cristã, com base na Bíblia, procuramos analisar alguns fatores importantes para a harmonia conjugal.
Todo cristão sabe que o casamento é de origem divina (Gn 1:27; 2:18-24). Podemos dizer que o casamento tem como objetivo primordial a união legítima entre um homem e uma mulher para:
  • A Felicidade do homem
  • Construir família
  • Servir a Deus
  • Adorar a Deus


Com isso, Deus visava propiciar ambiente e condições para a felicidade do homem, não o deixando em solidão (Gn 2:18).
O que é necessário para um casamento feliz?
Aceitar os princípios da Palavra de Deus para o matrimônio. O cristão deve ter em mente que em tudo na vida deve submeter-se à Palavra de Deus, como servo (Mt 20:25-28), temer a Deus e andar nos seus caminhos (Sl 1:28). Submeter-se ao Espírito Santo para obedecer a palavra de Deus com relação ao casamento. Para tanto, precisa do fruto do Espírito em seu relacionamento, conforme (Gl 5:22-23). O homem espiritual e a mulher espiritual, que são verdadeiros cristãos, demonstram isso na vida diária: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Havendo essas maravilhosas virtudes do Espírito, o casamento e a família serão felizes.
Com base na Palavra de Deus, temos a seguir os requisitos que consideramos mais importantes:
Independência (Gn 2:24) 
1) emocional;
2) domiciliar;
3) financeira.
União espiritual – os dois precisam ter as mesmas convicções espirituais (2Co 6:14).
União psicológica – refere-se à união dos temperamentos, dos sentimentos, da emoções (1Co 1:10); Equilíbrio emocional é fruto da temperança (Gl 5:22).
União intelectual – resultante da formação de instrução do conhecimento adquiridos. Se possível, os dois devem ter o mesmo nível intelectual aproximado.
União social – o casal origina-se de famílias diferentes: pais, sogros, parentes; constituem família (grupo social) – Sociedade Casa – Família – Sociedade – Aspecto legal (1Co 7:39).
União amorosa – O marido deve amar  sua esposa, até de modo sacrificial (Ef 5:25); A esposa deve amar seu esposo (Tt 2:4).
Como demonstrar o amor – Com afeto, com carinho, com palavras (Ct 4; Pv 31:29); com gestos, abraços, carícias (1Jo 3:18; 1Pe 3:8); fazendo o possível em favor do outro (Ef 5:25); zelando um ao outro (Ef 5:29); o amor é o elo principal do relacionamento entre o marido e a mulher. Se não houver o amor tudo desaba. Este amor deve estar dominado pelo amor Ágape (1Co 13).
Respeito – o marido deve respeitar a mulher (1Pe 3:7); a mulher deve respeitar o marido (Ef 5:33); um não é maior que o outro (1Co 11:11; Gl 3:26-28).
Comunicação – é necessário disponibilidade de tempo para comunicação entre o casal (Ec 3:1-8); inimigos da comunicação:
a) excesso de trabalho no lar, no emprego, na igreja;
b) desunião (Tg 3:13-18);
c) desvio de atenção: televisão, atividades, amigos.


Entender o conceito de liderança cristã no lar – o marido é a cabeça (o líder) do casal e do lar (Ef 5:22-23); a mulher é vice líder ao lado do marido (adjuntora) (Gn 2:18; 1Tm 5:14); a liderança do casal está sob a liderança de cristo (1Co 11:1-3); Cristo< Marido.
:: Leia outras postagens da Série ::

I. A FAMÍLIA CRISTÃ

II. NAMORO

III. NOIVADO



Maique Borges


Avatar
Maique de Souza Borges, servo de Deus e ministro das insondáveis riquezas de Cristo Jesus revelada no Evangelho pela graça infinita de Deus, teólogo autodidata, estudante e amante da música sacra. Com o intuito de proclamar as Boas Novas, e convidar os brasileiros para voltarem à centralidade da Palavra de Deus, criou o blog Cooperadores do Evangelho. É casado com Poliana Borges e é o pai do Miguel.

PUBLICIDADE E COMENTÁRIOS


0 Comentários