*Não deixe de ler as outras duas partes deste artigo, pois estão interligadas.  (Parte 1 de 3) e (Parte 2 de 3)


O QUE É NECESSÁRIO PARA COMEÇAR?
Dá trabalho, mas vale o esforço. E o que não dá trabalho não é valorizado, concorda? E se uma ilustração servir de base para conduzir o pecador aos pés do Senhor? Qual o valor de uma alma? Nós pregadores da santa palavra de Deis, sabemos que, de uma mensagem, onde são proferidas mais de 5 mil palavras, apenas a boa ilustração fica registrada por mais tempo na mente do ouvinte. Logo vale apena utilizar as ilustrações arquivadas.
Quem não quer ter trabalho para iniciar seu arquivo deve lembrar-se de um adágio corrente entre os chineses: “A melhor maneira de não ter problemas é não ter nada, não fazer nada, não falar nada e não ouvir nada” (!). Imagine um pregador nessa situação! Pareceria mais com um poste em figura humana. É melhor ouvir a melodia dos grilos durante toda a noite.
QUANTO CUSTA?
Bem além do trabalho e do tempo gasto na preparação dos materiais, há também a questão financeira. Uma caixa de papelão e alguns envelopes usados não são dispendiosos. É possível encontrá-los sem muito esforço, mas se você dispuser de condições e desejar fazer algo mais apresentável, seja abaixo o que será necessário para iniciar:
  1. a)    1 arquivo de aço (ou equivalente) de 4 gavetas (apropriado para segurar as pastas suspensas);
  2. b)   50 pastas suspensas (com as devidas abas para identificar o que tem dentro).

É provável que o custo não seja elevado. É claro que o número de pastas suspensas dependerá de seu empenho na coleta de materiais. Com o tempo e dedicação, você logo perceberá que o número de pastas será pequeno.
A lista de sugestão de temas que elaborei não está completa. Você mesmo acrescentará o que julgar interessante, conforme sua conveniência. Isso não significa que cada tema deve ser uma pasta.
No título “dons espirituais”, por exemplo, bastará uma única pasta e não nove. O mesmo princípio deve ser aplicado para “obras da carne, fruto do Espírito, apóstolos de Cristo” etc. Se com o passar do tempo essa pasta ficar muito cheia, então é bom providenciar outra. Se você decidir escrever sobre os dons espirituais, então é razoável coletar material apropriado para cada um dos dons, porque no seu livro deve haver, pelo menos, um capítulo para especificar cada um dos maravilhosos dons do Espírito Santo.
ATUALIZE SEU ARQUIVO
Não se esqueça de fazer periodicamente um upgrade (palavra que no inglês, significa atualização, muito usada em Informática).
Quando as pastas muito enchem muito está na hora de passar um “pente fino” para peneirar o desnecessário. Muitos recortes que hoje são muito atuais, em cinco anos já perderam a utilidade. Guardar o supérfluo pode ocupar o espaço de algo mais interessante. Se hoje o assunto do dia é “mensalão”, por exemplo, em cinco anos a trama será a mesma, o ponto de origem sempre será o Distrito Federal, mas os personagens e a nomenclatura serão diferentes. É possível que, em pouco tempo já não se fale nas palavras “mensalão”, impeachment, e por aí afora.
Não deixe, também, amontoar documentos para arquivar depois. Esse “depois” nunca chega; sempre será adiado por outro “depois”, porque sempre surge algo mais urgente.
LISTA DE ASSUNTOS
Observe a sugestão de alguns temas, dispostos em ordem alfabética, para que você possa iniciar seu arquivo particular. Este sistema de arquivo pode ser utilizado tanto para guardar ilustrações, como para as atividades gerais de um pregador. Lembre-se: são apenas sugestões e a lista não está completa. Observe a sigla qv, que quer dizer: que veja. Tente adaptar conforme a sua necessidade e de acordo com as suas possibilidades. Contudo, não deixe de começar o mais breve possível.
A
  1.  Abnegação
  2. Aborto
  3. Administração Eclesiástica

B
  1. Batalha Espiritual
  2. Batismo nas águas (qv. Sacramentos/Ordenanças)
  3. Batismo com/no Espírito Santo

C
  1.  Calendários (qv. Cronologia)
  2. Canonização (qv. Catolicismo)
  3. Casamento (qv. Família, Lar)

D
  1.  Datas comemorativas
  2. Demonologia (qv. Satanismo)
  3. Denominações

E
  1. Eclesiologia (qv. Igreja)
  2.  Economia
  3. Ecumenismo

F
  1. Falar, falar em público, problemas da
  2. Família (qv. Casamento)
  3.  

G
  1. Galardão (qv. Tribunal de Cristo)
  2.  Genética
  3. Geografia Bíblica, do Brasil, do mundo

H
  1. Harpa Cristã
  2. Harmonia (qv. Música)
  3. Heresiologia (qv. Seitas, Religiões)

I
  1. Ideal (qv. Alvo)
  2. Idosos (qv. Senilidade)
  3. Igreja (qv. Eclesiologia)

J
  1. Jejum
  2. Jogos Olímpicos (qv. Olimpíada)
  3. Jornalismo

K
  1. Katrina (furacão)

L
  1.  Lar (qv. Família)
  2.  Leis
  3.  Lendas (qv. Mitologia)

M
  1. Maçonaria
  2. Mães
  3. Maledicência (qv. Obras da Carne)

N
  1. Nações
  2. Natal
  3. Natureza

O
  1. Obediência
  2. Obras da Carne (qv. Avareza, Arrogância, Ambição, Cobiça, Egoísmo, Inveja, Maledicência, Mentira, Vingança, etc.)
  3. Ódio (qv. Obras da Carne)

P
  1. Paciência (qv. Fruto do Espírito)
  2. Palavra de Deus (qv. Bíblia)
  3. Palestina

Q
  1. Química

R
  1. Racionalismo
  2. Racismo (qv. Preconceito)

S
  1. Sabatismo
  2. Sabedoria (qv. Dons Espirituais)
  3. Sacrifício

T
  1. Tabernáculo
  2. Talentos

U
  1. Ufologia
  2. UNESCO

V
  1. Vaidade
  2. Vendas

W
  1. Wesleyanismo

X
  1.  Xadrez

Y
  1.  Yom Kippur

Z

  1.  Zoologia

PERMISSÕES: Você está autorizado e incentivado a reproduzir, distribuir ou divulgar este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério, e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Leia Nossa Política de Comentários


Maique Borges


Avatar
Maique de Souza Borges, é um teólogo autodidata, estudante e amante da música sacra. Com o intuito de proclamar as Boas Novas, e convidar os brasileiros para voltarem à centralidade da Palavra de Deus, criou o blog Cooperadores do Evangelho. É casado com Poliana Borges e é o pai do Miguel.