Por Samuel Magalhães.
Biografia de São Lucas e características introdutórias de seu evangelho

“Sauda-vos Lucas, nosso querido médico”. (Colossenses 4:14)

“Nasceu na cidade de Antioquia. Não era judeu, segundo Santo Irineu, São Jerônimo, Eusébio e Caio, ele era médico sendo ele considerado por causa disso, o santo protetor dos médicos e artista, pela igreja romana e um bom artista sendo que ele desenhou vários quadros de Maria que são conservados pela Igreja Católica. Seus conhecimentos em geografia marítima evidencia que ele provavelmente exerceu por muito tempo a profissão de médico de navios. Lucas, pela tradição católica, morreu na Grécia com 84 anos sendo martirizado. Seus restos mortais, ainda segundo a igreja de Roma, se encontram na cidade da Itália de Pádua onde é visitado por fieis peregrinos do mundo inteiro”. (Tradição católica) Assim como São Marcos nunca encontrou Jesus Cristo pessoalmente, porém, sabemos que ele recebeu (receptus) sua tradição de várias fontes, foi companheiro de São Paulo que teve uma percepção do evangelho através do próprio Cristo; por exemplo: na narração da Refeição Sagrada (Eucaristeoi) Paulo diz “Porque eu Recebi do Senhor o que também vos transmitir” (Eups uar poredidet ), ou seja, ele não bebeu do mistério de Cristo na tradição apostólica e sim recebeu do próprio Cristo: “Por que não recebi, nem aprendi de homem algum mais pela revelação de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

1. É relevante ter por certo que existem influências Paulinas neste evangelho.

2. É relevante ter por certo que São Lucas escreve para uma plateia menos judaizada.

3. Provavelmente foi ó último evangelho sinótico a ser escrito. Lucas teve um encontro com a mãe de Jesus por isso seu evangelho está mais carregado de detalhes da infância de Nosso Senhor. Inclusive note que ele explora com muitos detalhes o nascimento da “vox clamantis in deserto”: Um casal de velhos recebe a promessa de ter um filho, porém Zacarias dúvida, Deus odeia a dúvida e por isso ele recebe uma punição, “fique mudo até se cumprir” (São Lucas 1:5-25;) nas leituras da sinagoga o pano de fundo aqui é a História de Ana “a estéril angustiada pela sua vergonha”, porém depois da “Promessa” (Eli lá, aqui o anjo) ela fica em paz e recebe sua benção, sendo porém que esse menino não será dela mas do Senhor (Samuel).
(Texto do lecionário usado 1Samuel 1:1-18)

4. Note que no “Magnificat um cântico aqui é atribuído a Maria sendo que Ana também cantou em 1 Samuel 2:1-10 e existe alguns elementos parecidos nesses dois hinos”. (Lucas 1.47-55).

5. A segunda parte da tradição de Maria foca-se agora no “Rei de Israel” (v.32) no caso “o mistério que São Paulo fala em Colossenses “mistério escondido desde os séculos e desde as gerações, mas agora manifestado as nações”. O Cristo procede do Espírito (1.35) seu nascimento procede de Deus (gerado, não criado; Santo Atanásio), pois uma virgem (v.26) “betulah” - mulher que não conheceu homem algum, virgem no sentido físico (nascido da virgem Maria, Credo Apostólico) e aqui entra também a história de Simeão e Ana, acabando aqui a parte de Maria.

Complemento da omissão de Lucas em São Mateus seguindo a teoria do lecionário. Detalhes como Simeão e Ana e a teoria do lecionário, segue-se novamente na perseguição de Jesus aqui agora é Moisés e alguns pobres bebezinhos que são mortos sendo que na história de Moisés ele é salvo pela fuga ao rio e encontrado por uma mulher e ali é mantido em segurança, aqui Cristo também é levado por uma mulher (fuga) ao Egito onde lá é mantido em segurança. (claro que aqui o evangelista usou apenas a ideia).
São João segue essa linha em Apocalipse 12. Note que o Dragão é o símbolo de Satanás operando através do Estado, a mulher aqui tem dois símbolos em primeiro momento passa a ser Maria (amada), depois a Amada passa a ser a Igreja.

1. Uma mulher grávida prestes a dar  a luz (v.2) “Estava grávida e gritava entre as dores do parto”.
2. O dragão deseja devorar seu filho (Cristo) (v.3)
3. Ela deu à luz a seu filho varão que regerá toda a terra (Cristo) (v.5)
4. Seu filho vai arrebatado (momento atual) para junto de Deus. (Ascensão)
5. É a mulher que agora não é mais Maria, mais sim a Igreja, que agora terá que fugir para o deserto (perseguição) para não morrer nas mãos do Dragão que odeia a mulher que ainda pode gerar filhos (discípulos).

A teoria do lecionário é apenas maneira de organização do evangelho que os evangelistas usaram, provavelmente apenas Mateus e Lucas usou um pouco dela, São Marcos provavelmente não.
Na época que ele começou a escrever ele fez uma minuciosa pesquisa acerca da vida de Jesus dentro da própria comunidade. Pormenores destas fontes são nos dada por São Lucas.
Lucas 1:1 - Bíblia de Jerusalém: “Visto que muitos já empreenderam compor uma narração dos fatos que se cumpriram entre nós...”.
Prólogo literário - 1:1-4
Prólogo Teológico - 1:5-4,3

a) Evangelho da Infância - 1:5-2,52
b) Preparação da atividade pública - 3:1–4,13

1ª PARTE: Missão de Jesus na Galileia - 4:14-9,50
Apresentação e rejeição – 4: 14-30 1ª seção – 4:31-6,11
2ª seção – 6: 12-7,52
3ª seção – 8: 1-9,50

2ª PARTE - Missão de Jesus no caminho para Jerusalém 9: 51-19,28
Introdução – 9: 51
1ª etapa – 9: 52-10, 37
2ª etapa – 10: 38-13, 21
3ª etapa – 13: 22-14, 24
4ª etapa – 14: 25-17,10
5ª etapa – 17: 11-18,30
6ª etapa – 18: 31-19, 28

3ª PARTE - Missão de Jesus em Jerusalém. Meta final (19: 29-24,35)
Introdução: Entrada de Jesus na cidade, expulsão dos vendilhões e ensinamentos – 19: 29-48 1ª seção: o ensino no Templo – 20: 21

2ª seção: o relato da Paixão – 22: 23

3ª seção: os relatos da Páscoa – 24: 1-49

CONCLUSÃO: 1º relato da Ascensão – 24: 50-53

PERMISSÕES: Você está autorizado e incentivado a reproduzir, distribuir ou divulgar este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério, e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.


Samuel Magalhães


Avatar
Samuel Carneiro Magalhães é militar lotado na Marinha do Brasil, Enfermeiro e terapeuta holístico. Tem Graduação em Teologia pela Universidade Luterana do Brasil. É também graduado em Enfermagem pelo Instituto de Ensino Superior de Minas Gerais com aperfeiçoamento em Reiki I e II, fitoterapia e em Florais de Bach. Além de Ensino Profissional de nível técnico, complementação técnica em Enfermagem.