A esquerda política domina a cultura nacional e o modo de pensar e de sentir dos brasileiros desde meados dos anos 70, quando começou no Brasil uma intensa campanha de marxismo cultural.

Marxismo cultural é o projeto e a ação de infiltrar ativistas marxistas em todos os postos que controlam a opinião pública e a influencia, que são as cátedras universitárias, os cargos de professores de cursinho pré-vestibular, editoras de livros didáticos, produtoras musicais, programas de TV diversos, programas de rádio, jornais, revistas, sites de notícias, telejornais, peças de teatro, novelas, e o mercado editorial, onde dominam boa parte das editoras (as maiores, as tradicionais, as mais famosas), e lhes determina o que pode ou não pode ser publicado, ou como deve ser publicado. Isso no conjunto, controlam a forma de pensar do brasileiro. Criam o senso comum, aquilo que todo mundo aceita como verdadeiro, ou pelo menos a maior parte do povo imbecilizado acredita ser a verdade, e acreditam ser essa a verdade porque é a opinião dominante nos meios acadêmicos, nos livros, na imprensa, etc.

E se é a opinião dominante, isso vira senso comum, onde a maior parte do povo pensa assim, sente assim, percebe assim, entende assim, raciocina assim, e acredita que é assim mesmo porque outros tem a mesma mentalidade, e portanto, isso deve ser a verdade.

E assim, esses marxistas implantaram no senso comum da população, na opinião dominante do grosso da população, na mentalidade pública, a ideia de que direita é coisa ruim, é coisa do mal, e que a esquerda é a salvadora da pátria, a boazinha, aquela que pensa no pobre, no povo, e que são os paladinos da justiça.


Direita não tem nada a ver com essa campanha massiva e constante de difamação e de estigmatização promovido pelos esquerdopatas.

PERMISSÕES: Você está autorizado e incentivado a reproduzir, distribuir ou divulgar este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério, e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

Leia a Política de Comentários do Blog Leia os Termos de Uso do Blog